quinta-feira, 25 de junho de 2015

Noite de Sombras, Noite de Sangue (DUBLADO)

Silent Night, Bloody Night (1974) EUA

Um velho casarão, que por muitos anos serviu como asilo de loucos, tem os acontecimentos relacionados ao seu passado investigado pelo advogado que pretende vendê-lo. Mas um misterioso assassino está disposto a interferir em seus planos.


Direção: Theodore Gershuny
Roteiro: Theodore Gershuny, Jeffrey Konvitz, Ira Teller
Produção: Ami Artzi, Jeffrey Konvitz, Lloyd Kaufman, Frank Vitale
Elenco: Patrick O'Neal, James Patterson, Mary Woronov, John Carradine, Walter Abel, Candy Darling, Astrid Heeren, Fran Stevens

Download:

Tamanho: 1.5 GB
Audio 1: Português - Dublagem Clássica - Herbert Richers
Audio 2: Inglês
Legenda : Sem Legenda
Gênero: Terror
Formato: MKV
Qualidade: Bluray 720p


Resenha a baixo retirada do site Boca do Inferno

Noite de Sombras, Noite de Sangue (Silent Night, Bloody Night) é um thriller de suspense lançado oficialmente em 1974 (também conhecido como Night of the Dark Full Moon) e relançado no boom do horror de 1981 com o título de Death House. Dirigido por Theodore Gershuny e co-produzido por Lloyd Kaufman o filme é estrelado porPatrick O’Neal e a atriz Mary Woronov nos papéis principais além do lendário John Carradine, que aparece numa ponta de apoio da história. Outros grandes atores e atrizes também figuram nesta obscura produção como Mary WoronovOndineCandy DarlingKristen SteenTally BrownLewis Love, o cineasta Jack Smith e a atriz Susan Rothenberg. Foi filmado em Oyster Bay, Long Island, New York, entre os anos 1972/1973, mas não teve sua distribuição nos cinemas até 1974.
A trama é a seguinte. Tentando vender uma mansão isolada com uma história negra em Massachusetts os responsáveis pela posse da propriedade estão sendo perseguidos e mortos por um maníaco que fugiu de um manicômio local. Mas quem será esse assassino e por que o povo local começou a agir de modo estranho após os assassinatos?
Exibido principalmente nos drive-in antes de desaparecer na obscuridade Noite de Sombras, Noite de Sangue carrega consigo uma particularidade impar. Suas tomadas externas e fotografia absolutamente tomada pela estética gótica acompanhados por um sistema sherlockiano de levar a trama adiante possivelmente contribuíram para podar o interesse do público, que acreditava assistir um filme de horror. No entanto, em meados dos anos 1980, o filme foi apresentado no especial Elvira’s Movie Macabre onde acabou por se tornar um filme cult, cativando assim alguns fãs.
Noite de Sombras, Noite de Sangue (1974) (2)
A empresa Allmovie chamou o filme de “uma pequena joia com uma atmosfera sinistra” e não estavam errados em sua colocação. Diferente dos filmes de horror com temática natalina Silent Night, Bloody Night não foca apenas o feriado e os assassinatos ocorridos na data. A trama caminha além do gore apresentando alguns fatos relevantes à respeito dos proprietários daMansão Butler e da tragédia que se abateu sobre a família. Umas das partes mais bonitas do filme ocorre quando o passado obscuro e os escândalos da Família Butler são narrados ao espectador sob a forma de antigas fotografias familiares em tom sépia e flashbacks. Quem assiste então é arrastado para dentro do filme como parte da investigação, descobrindo peças importantes sobre o porquê de Wilfred Butler ter sido queimado vivo ou sobre os segredos obscuros trancados no sanatório da cidade que tanto apavoram as autoridades locais. Simples, concreto e de atmosfera cativante esta pérola esquecida pelo tempo mereceria seu lugar como um predecessor do gênero investigativo de terror.
Infelizmente (ou não!), desde o seu lançamento, o filme acabou por cair em domínio público e já está disponível em DVD a partir de várias empresas de entretenimento que se especializam em filmes de domínio público. Em 2012 foi produzida uma refilmagem com a direção de James Plumb e roteiro de Andrew Jones sob o título de Silent Night, Bloody Night: The Homecoming, mas que não alcançou a mesma graça e prestígio de seu antecessor.
Fonte: http://bocadoinferno.com.br/criticas/2012/12/noite-de-sombras-noite-de-sangue-1974/




quinta-feira, 18 de junho de 2015

Banquete de Sangue

 Blood Feast (1963) EUA

Um psicopata e serial killer chamado Fuad Ramses, adorador da antiga princesa egípcia Ishtar, a Mãe das Trevas, tenta revivê-la através de um culto ofertado com o sangue e vísceras cozidos de jovens garotas. Para obter a oferenda de seu ritual, ele mutila brutalmente suas vítimas das mais grotescas maneiras.


 QUALIDADE: DVDRip

FORMATO: .AVI
ÁUDIO: Inglês
LEGENDA: Português
TAMANHO: 1,17 Gb
DURAÇÃO: 67min


Legenda

SENHA: LeMMy





quinta-feira, 11 de junho de 2015

Luto








Foi reencontrar outros mestres do Horror

Christopher Lee, lendário ator britânico, morre aos 93 anos

 Este é um post que temia fazer, a ultima lenda viva do cinema macabro nos deixa saudosos, até mesmo por que apesar da idade avançada ainda era um astro em atividade com recentes filmes importantes e trabalhos respeitáveis do bom Heavy Metal. 

 O Wurdulak agradace e se despede do grande Mestre Christopher Lee.   

#LUTO

Segundo 'Telegraph', ele morreu no domingo (7).

Famoso por Drácula, ele também viveu Saruman em 'O senhor dos anéis'.


De cadeira de rodas, Christopher Lee é visto chegando no aeroporto Tegel, em Berlim, na chegada para participar do Fertival Internacional de Cinema de Berlim (Berlinale 2015), em 7 de fevereiro deste ano (Foto: Philipp Mertens/Geisler-Fotopres/Picture Alliance/AFP)Christopher Lee em Berlim em 7 de fevereiro deste
ano (Foto: Philipp Mertens/Geisler-Fotopres/
Picture Alliance/AFP)
O lendário ator britânico Christopher Lee, famoso por interpretar Drácula e o maligno Saruman em "O senhor dos anéis" e em "O Hobbit", morreu no domingo (7), aos 93 anos,  informa nesta quinta-feira (11) o jornal "The Telegraph".
De acordo com a publicação, ele estava internado havia três semanas em um hospital de Londres, na Inglaterra, para se tratar de insuficiência cardíaca e respiratória. A publicação diz ainda que a esposa de Lee optou por adiar o anúncio da morte porque queria, antes, avisar os familiares.
Christopher Lee nasceu em Londres em 27 de maio de 1922. Seus primeiros trabalhos como ator são dos anos 1940. Mas foi na década seguinte que se tornou uma estrela.
Do período, destacam-se "A maldição de Frankenstein" (1957), o seu Drácula em "O vampiro da noite" (1958) e "A múmia" (1959). Com a popular produtora britânica Hammer Film Productions, especializada em longas de terror, repediu o papel de Drácula em filmes dos anos 1960 e 1970.

imagem de vilão, contudo, parecia incomodá-lo. "Por favor, não me descrevam como uma 'lenda do horror'. Eu superei isso", afirmou em entrevista ao "Telegraph".

Nos últimos 15 anos, Christopher Lee foi apresentado a uma nova geração de fãs. Além de trabalhar em "O senhor dos anéis", apareceu em outra franquia que está entre as mais populares da história do cinema: "Guerra nas estrelas" ("Star wars", no original).
Outro papel marcante foi o do vilão Scaramanga em "007 contro o homem com a pistola de ouro" (1974). Curiosamente, Lee era primo de Ian Fleming, escritor que criou James Bond.
Trabalhou ainda em filmes do cultuado cineasta americano Tim Burton, como "A lenda do cavaleiro sem cabeça" (1999), o remake de "A fantástica fábrica de chocolate" (2005), na pele do pai de Johnny Depp, e "Sombras da noite" (2012).
Conhecido por sua voz muito marcante, Lee também dublou inúmeros filmes, inclusive de Tiim Burton. Deu voz a personagens de longas como "A noiva cadáver" (2005) e "Alice no país das maravilhas" (2010).

Fã de heavy metal
Ao longo da carreira, Christopher Lee explorou seu lado cantor e lançou discos. Gostava muito de heavy metal.
O mais recente trabalho foi o EP "Metal knight", lançado em 2014. "Associo o heavy metal à fantasia pelo tremendo poder que transmite", explicou em um comunicado na época do lançamento.
"Metal knight" tinha quatro canções e três versões alternativas das mesmas. Duas delas eram originais do musical "O homem de La Mancha": "I, Don Quijote" e "The impossible dream".  "Don Quixote é o personagem de ficção mais heavy metal que conheço", explicou Lee.

As outras faixas eram "The Toreador March", da ópera "Carmen", de George Bizet, e "My way", popularizada por Frank Sinatra.

Em dezembro de 2013, Lee havia se tornado o intérprete mais idoso com uma canção nas paradas dos Estados Unidos. A música se chamava "Jingle hell", espécie de paródia da natalina "Jingle b
ells".
Christopher Lee em cena de 'O Senhor dos anéis: A sociedade do anel' (Foto: Divulgação)Christopher Lee em cena de 'O Senhor dos anéis: A sociedade do anel' (Foto: Divulgação)
Christopher Lee: como Scaramanga em '007 contra o homem com a pistola de ouro' (1974), em 'A mansão da meia noite' (1983) e em 'Triage' (2009) (Foto: Divulgação/MGM)Christopher Lee: como Scaramanga em '007 contra o homem com a pistola de ouro' (1974), em 'A mansão da meia noite' (1983) e em 'Triage' (2009) (Foto: Divulgação/MGM)

Fonte: Portal G1

terça-feira, 9 de junho de 2015

A Volta do Homem Invisível


The Invisible Man Returns (1940)


Preso sob a acusação de ter matado seu irmão, Geoffrey Radcliffe (Vincent Price) aguarda sua sentença - morrer na forca. Mas, logo depois de receber a visita de seu amigo Dr. Frank Griffin (John Sutton), Geoffrey simplesmente desaparece. O inspetor policial Sampson (Cecil Kellaway) começa a investigar e acredita que Griffin é na verdade o irmão do Homem Invisível original (do primeiro filme) e deu a Geoffrey a fórmula da invisibilidade.



 Recentemente repostamos o clássico "The Invisible Man" com Claude Rains e essa é a boa sequencia desse clássico que tem como destaque o jovem Vincent Price em inicio de carreira dando seus primeiros passos para se tornar o mestre do macabro. 
  Alem deste "The Invisible Man" teve outras três sequencias sendo The Invisible Woman (1940),  Invisible Agent (1942) e The Invisible Man's Revenge (1944)


Download

Formato: .AVI
Áudio: Inglês
Legendas: Português/BR
Duração: 1:21
Tamanho: 693 MB
Servidor: Mega
Up-Load: Mike Soares


Senha: wurdulaks.blogspot.com.br










Capa Customizada

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Terrordrome The Game


Terrordrome é um jogo de luta 2D no qual algumas das mais populares personagens de filmes de horror de todos os tempos se juntam para pegarem nas suas armas e catanas num dos jogos mais sangrentos do género.

Leatherface, Freddy Krueger, Ash Williams, Michael Myers, Chucky, Jason, Ghostface (Scream bad) Tall Man, Manaic Cop, Candyman, Jason, Herbert West, Pumpkinhead e Pinhead compõe todo o elenco de estrelas, como pode adivinhar, domina absolutamente tudo no jogo. O Freddy ataca com as suas garras, o Jason com a sua catana, e o Ash não hesitará em sacar a sua arma.

Cada uma das personagens, claro, tem os seus movimentos e ataques especiais. Uma dezena de movimentos únicos cada assegura variedade suficiente para fazer com que seja praticamente impossível dominar todas as personagens no jogo. A melhor coisa é que cada um dos nossos 'heróis' utiliza a sua arma mais icónica nestes ataques especiais.



Sem surpresas, também encontrará algumas das localizações mais famosas que apresentam estes pequenos anjos. Desde a cabine do Ash, passando pela loja de brinquedos do Chucky até à casa do Jason.

Terrordrome é um jogo de luta extremamente divertido e sangrento que apelará particularmente aos fãs dos filmes de terror. Aqueles que nada sabem sobe este magnífico elenco de personagens ainda encontrará um notável jogo de luta remanescente do Mortal Kombat.







Amor por Monstruos!


O cinema fantástico mexicano tem uma história de amor com monstros clássicos do cinema. Frankenstein, Drácula, lobisomem, múmia e cia. apareceram em inúmeros filmes de  terror, "Lucha Libre" e comédias. No último caso, a maior influência foi o sucesso no México do filme americano "Abbott and Costello Meet Frankenstein" (Às Voltas com Fantasmas, 1949) de Charles Barton com as trapalhadas da dupla cômica com os monstros da Universal Pictures (incluindo a volta de Bela Lugosi como Drácula).
O primeiro "remake" mexicano apareceu em 1957 com "El Castillo de los Monstruos" de Julian Soler. Um empregado de uma funerária (Antonio Espino "Clavillazo") cujos corpos estão sendo roubados, tem sua namorada (Evangelina Elizondo)  raptada por um cientista louco. Acaba  encontrando-a em um castelo assombrado e habitado por uma múmia, um lobisomem, o monstro de "Frentenstein", um vampiro, um gorila e o Monstro da Lagoa Negra (ou no caso: La Bestia de la Laguna Seca !). 






O ator Germán Robles, parodia seu papel como o Conde Lavud dos filmes "El Vampiro" e "El Ataud del Vampiro" do mesmo ano. O barbudo Vicente Lara, faz pela primeira vez o papel de lobisomem (commaquiagem mínima), personagem que repetiria anos depois em filmes de El Santo





Uma cópia mais descarada da comédia americana foi "Frankestein, el Vampiro y Compañia." (1961) de Benito Alazraki.














A dupla Agapito (Manuel "Loco" Valdés) e Paco (José "Ojón" Sasso) é encarregada de entregar os bonecos de cera do monstro de Frankestein (escrito assim mesmo...) e de um vampiro em um misterioso castelo. Quando as figuras se mostram verdadeiras, o vampiro Conde Lorenzini (Quintin Bulnes) tenta convencer a cientista Dr.Sofia (Nora Véryán) a transplantar o cérebro de Valdés para o monstro e assim conquistarem a América! Com a participação de um lobisomem que mais parece a cruza de um porco com um rato!






"La Nave de los Monstruos" (1960) de Rogelio A. Gonzáles é uma mistura de ficção científica, terror, comédia e musical. O cantante e mentiroso vaqueiro Lauriano (Lalo "Piporro" Gonzáles) encontra duas belas alienígenas (Lorena Velázquez e Ana Bertha Lepe) e sua nave com machos extraterrestres coletados em diversos planetas.


 Um alienígena cabeçudo, um ciclope, um homem-aranha e um esqueleto vivo são a carga divertida e perigosa das garotas de Vênus, que também possuem um robot chamado Torgo. Ah! sim e uma delas se revela uma vampira espacial! Quase todos os monstros foram reaproveitados em outros filmes de terror mexicanos, principalmente em "Santo Y Blue Demon Contra los Monstruos" de 1968.





Demência total é o infantil "Caperucita y Pulgarcito Contra los Monstruos" (1960) de Roberto Rodriguez (nada a ver com o atualmente conhecido Robert Rodriguez!). Chapeuzinho Vermelho e o Pequeno Polegar (Maria Gracia e Cesario Quezadas, astros infantis mexicanos) enfrentam a Rainha das Bruxas (Ofelia Guílmain) que comanda um exército de monstros engraçados como: o Senõr Vampiro (Quintin Bulnes novamente); o Monstro de Frankenstein; o Ogro (josé Elias Moreno); o Lobo Mau ("Loco" Valdés); um pequeno dragão e outras criaturas inclassificáveis!





"Capulina Contra los Monstruos" (1972) de Miguel Morayta, trás um alegre jornaleiro (Gaspar "Capulina" Henaine) que acaba topando com um cientista doido que revive Drácula, Frankenstein, o lobisomem e a múmia. O bigodudo comediante mexicano enfrentou em outras aventuras cômicas: múmias, vampiros e se encontrou com o herói-luchador El Santo.






Uma grande quantidade de monstros clássicos está presente em "Chabelo y Pepito Contra los Monstruos" (1973) de Jose Estrada. Dois escoteiros (Javier "Chabelo" Lopez e o menino Martín Ramos Arévalo) fogem de um acampamento para procurar um tesouro em uma caverna. Lá se defrontam com Drácula, Frankenstein, a Múmia, um lobisomem, o Monstro da Lagoa Negra, Mr. Hyde, um gorila, robots e um cientista louco!...ufa!!! Nesta produção infantil, divertida e vagabunda, foram utilizadas máscaras de Halloween do Dan Post Studios para poupar maquiagem!







Fonte dessa matéria; http://museudameianoite.blogspot.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...