sexta-feira, 17 de junho de 2011

Em Mariana – MG, dão Prêmio de R$ 10 mil para quem achar monstro


Uma recompensa de R$ 10 mil. Esse é o valor oferecido pela Associação dos Caçadores de Assombração para quem conseguir fotografar o Caboclo D água. Há pelo menos oito anos, o monstro, uma mistura de galinha, lagartixa e macaco, segundo descrição dos moradores, tem assustado e provocado pânico em Mariana, na região Central de Minas.


“A história começou a ser contada pelos nossos avós, mas passou à realidade, pois há relatos de pelo menos 30 pessoas que afirmam ter visto o bicho circulando por Mariana e vizinhança”, conta o presidente da associação, o professor universitário Milton Brigolini Neme, 50. Segundo ele, recentemente, um rapaz que nadava nu em uma represa da região acabou afundando misteriosamente. Quando o corpo subiu à superfície, estava sem os testículos.

“Os bombeiros não souberam dizer qual bicho teria provocado o ferimento”, explica o professor, que há quatro anos passou a oferecer recompensa para quem conseguir fotografar o Caboclo Dágua. Além do rapaz, o bicho teria comido um boi e atacado um idoso de 92 anos, que ficou com a perna ferida. Um retrato falado do bicho circula por Mariana, em adesivos e desenhos em camisas.


A Associação dos Caçadores de Assombração foi fundada por Brigolini há cerca de um ano e meio, com o objetivo de investigar as histórias misteriosas que têm surgido nos municípios de Mariana, Diogo Vasconcelos e Barra Longa.

Em Passagem, distrito de Mariana, a história de outra assombração tem tirado o sono dos moradores. Reza a lenda que a assombração de uma mulher que, no século XVIII, produzia sabão usando como matéria-prima crianças do vilarejo, ainda caminha pelos túneis de uma antiga mina de ouro.

Segundo o professor Leandro Henrique dos Santos, 35, que pertence à associação, um pedreiro acabou atacado com uma porretada na cabeça na mina. “Ele dizia que foi a Maria do Sabão e que não conseguiu reagir”, conta Santos. Na ocasião, o pedreiro estava embriagado.

Fonte; http://jornalmontesclaros.com

terça-feira, 14 de junho de 2011

Sepultado Vivo [Dublado]


Buried Alive (1990) EUA


Clint construiu uma enorme casa para sua esposa, Joanna, em NY. Mas, ela não consegue se acostumar com a vida completamente afastada da cidade e acaba tendo um caso com um médico local. Juntos, decidem matar Clint para ficar com seu dinheiro. Joanna envenena o marido e, achando que ele estava morto, o enterra! Ao acordar, Clint se vê apavorado dentro do caixão, mas cava com as mãos sua saída e se esconde para se vingar da dupla.



Tamanho:606Mb / Àudio: Portugues / Formato:DVDRIP


Download:Megaupload



segunda-feira, 30 de maio de 2011

Drácula [Dublado]

Dracula (1979) EUA


Escuna naufraga perto de Whitby e o único sobrevivente é o Conde Drácula (Frank Langella), que chegou com grandes quantidades de terra da Transilvânia para levar para sua residência em Carfax Abbey. Ele faz amigos como o Dr. Seward (Donald Pleasence), que administra um asilo, sua filha Lucy (Kate Nelligan), a amiga dela Mina (Jan Francis) e Jonathan Harker (Trevor Eve), o noivo de Lucy. Mas logo Mina morre de perda de sangue e Drácula se defronta com o Van Helsing (Laurence Olivier), um caçador de vampiros que deseja aniquilá-la.



Wikipédia:


Dracula é um filme anglo-americano de 1979 do gênero Horror dirigido por John Badham com fotografia de Gilbert Taylor. A canção original é de John Williams. Como ocorreu com o filme de 1931 com Bela Lugosi, o roteiro dessa adaptação da novela de Bram Stoker se baseou na peça teatral Dracula de Hamilton Deane e John L. Balderston. Com destaques para o ator Frank Langella (o mesmo protagonista do filme e que foi indicado para o Tony Award) e também para o cenário "Eduardiano" de Edward Gorey, a nova montagem da peça foi representada na Broadway em 900 ocasiões, durante outubro de 1977 e janeiro de 1980.


Curiosidades



  • Em 1979, três grandes filmes sobre Drácula foram lançados: Nosferatu de Werner Herzog, o Drácula de John Badham e a comédia Love At First Bite. O sucesso da comédia pode ter sido responsável pela bilheteria modesta do filme de Badham, que desapontou o Estúdio. Não obstante, alguns consideraram a performance do ator Frank Langella como a melhor no papel desde Bela Lugosi.

  • O filme teve locações na Inglaterra: os interiores foram filmados no Shepperton Studios e em Black Park, Buckinghamshire. As cenas exteriores foram na Cornualha (para a cidade de Whitby), Tintagel (o manicômio de Seward) e o Monte St Michael (Abadia de Carfax).

  • Venceu o Saturn Award de 1979 como "melhor filme de Horror".


Direção: John Badham
Roteiro: Hamilton Deane, John L. Balderston
Musica: John Williams
Elenco: Frank Langella, Laurence Olivier, Donald Pleasence, Kate Nelligan, Trevor Eve, Jan Francis, Janine Duvitski, Tony Haygarth, Teddy Turner, Sylvester McCoy



Tamanho:700Mb / Àudio: Portugues / Formato:DVDRIP


Download:Megaupload


quarta-feira, 25 de maio de 2011

MUSEU DE CERA [Dublado]

House of Wax (1953) EUA


Refilmagem de MYSTERY OF THE WAX MUSEUM, produção de 1933. Este é o primeiro filme realizado em 3-D, uma tecnologia alternativa usada por muitos diretores da década de 50. O professor Jarrod (Vincent Price) é um devotado escultor de seu museu de cera, na Nova York de 1910. Quando seu sócio financeiro, Matthew Burke (Roy Roberts) , exige mais exibições sensacionais para aumentar os lucros, Jarrod recusa. A vingança de Wallace destrói o museu e deixa Jarrod quase morto. Milagrosamente, Jarrod sobrevive [mas perde suas mãos e pernas] e constrói um novo Museu de Cera, com a ajuda do escultor ameaçador e surdo-mudo, Igor (Charles Bronson). Na Cãmara dos Horrores do Museu, crimes recentes são mostrados como o assassinato de Wallace, entre outros…e juntamente com Sue (Phyllis Kirk), o espectador descobre uma outra verdade por trás daquela terrível exposição.


Direção: André De Toth


Elenco: Vincent Price, Frank Lovejoy, Phyllis Kirk, Carolyn Jones, Charles Bronson


Tamanho:700Mb / Àudio: Portugues / Formato: DVDRIP


Download:Fileserve



House of Wax (1953) - IMDb

quinta-feira, 19 de maio de 2011

A Maldição da Múmia Azteca **Lançamento Exclusivo**

 La Maldición de la Momia Azteca (1957) México

A história começa com o desmascarado vilão "Morcego" (Luis Aceves Castañeda) escapando da prisão e colocando em ação um plano maligno para obter o tesouro azteca, que envolve raptar a namorada (Rosa Arenas) do Dr. Almada (Ramón Gay), o cientista que começou toda a tragédia envolvendo a múmia.

Diretor: Rafael Portillo (La Momia Azteca, La Momia Azteca contra el Robot Humano)
Trilha Sonora: Antonio Díaz Conde
Elenco: Ramón Gay, Luis Aceves Castañeda, Rosa Arenas, Crox Alvarado, Arturo Martínez, Jaime González Quiñones, Emma Roldán, Julián de Meriche, Salvador Lozano, Ángel Di Stefani, Jesús Murcielago Velázquez, Enrique Yáñez, Guillermo Hernández, Alberto Yáñez


Comentários:

Achei bastante satisfatório essa seqüência de "La Momia Azteca", o filme e bem melhor que o primeiro, não só em questão de historia como também visualmente.

Bem o filme começa do ponto que terminou o primeiro, e diferente o anterior, onde o personagem do morcego não fazia muito sentido na trama, nesse se passa praticamente todo em torno desse personagem, assim justificando bem sua presença no anterior, o que se torna um ponto a favor da saga, o elenco e exatamente o mesmo e o filme se concentra mais na ação do que na historia propriamente dita, isso se da em função de que o primeiro explica tudo que tem para se saber , deixando o caminho livre para o desenrolar da diversão, principalmente quando se menos espera aparece o grandioso "El Santo"????? Bem e o que se pensa em primeiro instante quando aparece um mascarado de prata em seu carro conversível, mais logo vemos que se trata de um clone chamado na realidade de "El Anjo", que só lembra mesmo o "El Santo" por suas vestimentas, pois tirando isso ele e um saco de pancada o filme inteiro, que mais atrapalha que ajuda.

A múmia novamente só da o ar da graça na reta final do filme, mais em circunstancias mais satisfatórias do que no primeiro onde ela mal pode ser vista na escuridão, nessa ela aparece nitidamente e assustadoramente (assistam com a luz acessa e acompanhados hein! Hehehe) em fim gostaria de falar mais sobre essa metragem de apenas 64 minutos que gostei bastante, mais ai cometeria vários “spoliers” que poderiam comprometer a diversão de quem ainda não assistiu, só posso dizer que vale a pena assistir essa pérola e pedi que aguardem pois em breve o Wurdulak trará a conclusão dessa importante trilogia do horror mexicano.

Até a nossa próxima sessão.
Abraços!



Formato: Avi
Áudio: Espanhol Legendas: Português/BR (Embutidas)
Duração: 64 min.
Tamanho: 747 MB
Sicronização, revisão e Up Load: Mike “Brainiac”
Legenda Tradução: Arthur Coelho

http://www.megaupload.com/?d=2BZ85SJJ
http://www.megaupload.com/?d=0VD75QWC
http://www.megaupload.com/?d=M8NS4WOE
http://www.megaupload.com/?d=VW93P0YJ
http://www.megaupload.com/?d=R3GNHWMG

Senha; http://wurdulaks.blogspot.com/





Ramón Gay

  • Nome de Registro
    Ramón García Gay
  • Data de Nascimento
    28/11/1917
  • Data de Falecimento
    28/05/1960
  • Local de Nascimento
    Cidade do México, Distrito Federal, México

Filmes em que trabalhou como ator

Face of the Screaming Werewolf(1964)
Aquí están los Villalobos(1962)
La justicia de los Villalobos(1961)
Muñecos infernales(1961)
El misterio de la cobra (Carlos Lacroix en la India)(1960)
La estrella vacía(1960)
El vestido de novia(1959)
Las aventuras de Carlos Lacroix(1959)
Bolero inmortal(1958)
La momia azteca contra el robot humano(1958)
La venenosa(1958)
Socios para la aventura(1958)
La esquina de mi barrio(1957)La Maldición de la Momia Azteca (1957)
La momia azteca(1957)
Yambaó(1957)
Amor y pecado(1956)
Sublime melodía(1956)
Amor en cuatro tiempos(1955)
Después de la tormenta(1955)
El seductor(1955)
Estafa de amor(1955)
Pecado mortal(1955)
Camelia(1954)
Dios nos manda vivir(1954)
Hijas casaderas(1954)
La bruja(1954)
La infame(1954)
La mujer que se vendio(1954)
Lágrimas robadas(1954)
Las tres Elenas(1954)
Ley fuga(1954)
Me perderé contigo(1954)
Morir para vivir(1954)
Venganza en el circo(1954)
El fantasma se enamora(1953)
Eugenia Grandet(1953)
Piel canela(1953)
Angélica(1952)
La noche es nuestra(1952)
Mi esposa y la otra(1952)
Paco, el elegante(1952)
Rostros olvidados(1952)
Amar fué su pecado(1951)
Bodas de fuego(1951)
Camino del infierno(1951)
Corazón de fiera(1951)
En la palma de tu mano(1951)
Entre abogados te veas(1951)
La ausente(1951)
Lodo y armiño(1951)
Los enredos de una gallega(1951)
Mi mujer no es mía(1951)
Mujeres sin mañana(1951)
Paraíso robado(1951)
El amor no es negocio(1950)
La negra Angustias(1950)
Por la puerta falsa(1950)
Quinto patio(1950)
Si me viera don Porfirio(1950)
Un corazón en el ruedo(1950)
El charro y la dama(1949)
El diablo no es tan diablo(1949)
El embajador(1949)
El precio de la gloria(1949)
Lola Casanova(1949)
El gallero(1948)
¡Ay, Palillo, no te rajes!(1948)
El ropavejero(1947)
Crimen en la alcoba(1946)
El pasajero diez mil(1946)
La noche y tú(1946)

La maldición de la momia azteca (1957) - IMDb

quarta-feira, 18 de maio de 2011

O Incrível Homem que Encolheu [Dublado]

The Incredible Shrinking Man (1957) EUA
A história de Scott Carey, que durante um passeio de férias em alto-mar é atingido por uma nuvem radioativa e, meses depois, começa a encolher, literalmente. Assim, as coisas mais simples tornam-se verdadeiros pesadelos e o que antes era inofensivo (como um gato, por exemplo), transforma-se em seu inimigo mortal.

 Elenco: Grant Williams, Randy Stuart, April Kent, Paul Langton, Raymond Bailey, William Schallert, Billy Curtis, Frank J. Scannell, Helene Marshall, Diana Darrin


Tamanho:1GB / Àudio: Português /Formato: Tvrip

Download:Fileserve




sábado, 14 de maio de 2011

O GAROTO INVISÍVEL (Dublado)

The Invisible Boy (1957) EUA

O doutor Merrinoe constrói um super computador que armazena todo o conhecimento humano e resolve as mais complexas questões matemáticas, ajudando até as Forças Armadas, nos seus primeiros projetos de lançar um foguete em órbita da Terra. Mas apesar da inteligência, o cientista não consegue fazer seu filho Timmie se interessar pelos estudos. Assim o submete ao computador para umas aulas de xadrez, o que o torna um exímio jogador. O que o doutor Merrinoe não suspeitava é que o super computador induziria seu filho a montar o fantástico robot ROBBY e então pôr em prática um diabólico plano de dominar as mentes dos principais nomes do governo e conquistar o planeta Terra.

 Elenco:

Richard Eyer...Timmie Merrinoe (o Menino Invisível)
Philip Abbott...Dr. Tom Merrinoe (Pai)
Diane Brewster...Mary Merrinoe (Mãe)
Harold J. Stone...General Swayne
Robert H. Harris...Prof. Frank Allerton
Dennis McCarthy...Coronel Macklin
Alexander Lockwood...Arthur Kelvaney
John O'Malley...Prof. Baine
Robby, o Robô...Robby

 Tamanho:700Mb

Àudio: Português

Formato: DVDRIP

Download:Megaupload

The Invisible Boy (1957) - IMDb

sexta-feira, 13 de maio de 2011

A origem da sexta-feira 13


A crença de que o dia 13, quando cai em uma sexta-feira, é dia de azar, é a mais popular superstição entre os cristãos. Há muitas explicações para isso. A mais forte delas, segundo o Guia dos Curiosos, seria o fato de Jesus Cristo ter sido crucificado em uma sexta-feira e, na sua última ceia, haver 13 pessoas à mesa: ele e os 12 apóstolos.


Mas mais antigo que isso, porém, são as duas versões que provêm de duas lendas da mitologia nórdica. Na primeira delas, conta-se que houve um banquete e 12 deuses foram convidados. Loki, espírito do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga que terminou com a morte de Balder, o favorito dos deuses. Daí veio a crendice de que convidar 13 pessoas para um jantar era desgraça na certa.



Segundo outra lenda, a deusa do amor e da beleza era Friga (que deu origem à palavra friadagr = sexta-feira). Quando as tribos nórdicas e alemãs se converteram ao cristianismo, a lenda transformou Friga em bruxa. Como vingança, ela passou a se reunir todas as sextas com outras 11 bruxas e o demônio. Os 13 ficavam rogando pragas aos humanos.


O número 13



A crença na má sorte do número 13 parece ter tido sua origem na Sagrada Escritura. Esse testemunho, porém, é tão arbitrariamente entendido que o mesmo algarismo, em vastas regiões do planeta - até em países cristãos - é estimado como símbolo de boa sorte. O argumento dos otimistas se baseia no fato de que o 13 é um número afim ao 4 (1 + 3 = 4), sendo este símbolo de próspera sorte. Assim, na Öndia, o 13 é um número religioso muito apreciado; os pagodes hindus apresentam normalmente 13 estátuas de Buda. Na China, não raro os dísticos místicos dos templos são encabeçados pelo número 13. Também os mexicanos primitivos consideravam o número 13 como algo santo; adoravam, por exemplo, 13 cabras sagradas. Reportando-nos agora à civilização cristã, lembramos que nos Estados Unidos o número 13 goza de estima, pois 13 eram os Estados que inicialmente constituíam a Federação norte-americana. Além disso, o lema latino da Federação, "E pluribus unum" (de muitos se faz um só), consta de 13 letras; a águia norte-americana está revestida de 13 penas em cada asa.


Fonte;http://noticias.universia.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...